Os que Sonham...

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Amor


O amor morre aos pouquinhos,
definha-se em cada decepção.
As lágrimas que caem vem das feridas
do coração, das rachaduras formadas pelas palavras
que nos magoam.
O amor pede para ficar...
Mas é preciso deixá-lo ir.
Antes que ele nos mate. 
Postar um comentário