Os que Sonham...

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Noites de Primavera


Noites de primavera
Lua a brilhar,
Sob um céu estrelado
Pensamentos a vagar.

Veja como o céu fica lindo
Em noites assim.
Rasga o céu Estrela Cadente, e eu faço um pedido:
- Traga o meu amor para mim.

Reza a lenda, que a Lua é solitária
E que guarda no peito, amor sem fim.
Oh Lua, tu não estás só...
Eu também tenho um amor assim.

Lua que encanta os enamorados,
Dama da noite, que inspira Poetas.
Em noites de Primavera desabrocham as Flores.
E os vaga-lumes fazem a festa.

No céu brincam com as estrelas,
Fazem efeitos no manto prateado da Lua,
Escorregam na cauda de um cometa...
Como podes oh Lua, sentir tão solitária?
Cercada de tão linda companhia.

A Lua toda chorosa responde:
- Não compreendes oh mulher.
Tu és livre para seguir teu rumo
E mesmo eu vivendo neste mundo encantado,
Estou condenada a viver longe do meu amado.




Postar um comentário