Os que Sonham...

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Gritos Sufocados



 
Estou à beira da morte.
Meus gritos sufocados pelo sangue na garganta.
O sangue que vem do meu coração apunhalado por você.

A minha alma já fora do corpo,
Assiste a todo o meu tormento e sorri.

Reajo àquele sorriso mórbido e tento
Agarrar-me a um fio de vida.
A VIDA que você brutalmente está arrancando de mim.

Quero vomitar o sangue, mas não tenho forças.

AGONIZO

A minha alma sentada ao lado do meu corpo inerte,
balança a cabeça como se já soubesse o meu fim.
E ela soube desde que me entreguei a você.

Ela olha-me nos olhos com ar de desprezo.
Culpa-me por tê-la feito escrava de ti e a sua
Liberdade está em minha morte.
Olha-me nos olhos (já perdidos na escuridão) e
Sorri triunfante.
Ela está livre e você venceu.
Nina Linhares
Postar um comentário