Os que Sonham...

terça-feira, 26 de julho de 2011

A magia dos instantes.


Através da Janela vejo folhas formarem um tapete amarelo, e apesar do dia estar lindo, não tenho a menor vontade de sair. Prefiro ficar aqui a observar o vento desnudando as árvores para dar lugar a novas folhas, flores e quem sabe, novas cores.
Apesar do vento, o sol aquece a vida das pessoas. Seus raios penetram os galhos nus, presenteando-me com um show de luzes, que em contraste com o dia marrom / alaranjado, faz – me lembrar uma fotografia antiga, amarelada pelo tempo, mas que está ali para não esquecermos o espetáculo daquele momento. Tento guardar a magia da natureza, a humildade das criaturas, que se vão para darem lugar às novas vidas que logo brotarão.
Momentos únicos, os quais as pessoas apressadas estão alheias e mal conseguem perceber a magia daqueles instantes.
“A vida passa tão rápido.” – Penso eu, suspirando.
Fotografo na memória todas as imagens possíveis daquela transformação que ocorre a cada minuto. Transformações feitas por um artista perfeito capaz de dar vida e escolher cores exclusivas para cada uma de suas criações.
Uma dança perfeita do vento soprando, folhas caindo e unindo-se as outras e eu ali da janela, sonhando.
Postar um comentário