Os que Sonham...

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

O próximo pôr do sol







Encontraram-se como se fosse a primeira vez. 
Beijaram-se como se fosse a última. 
Era um beijo cheio de urgências e saudades acumuladas. 
O Sol caia, pintando o céu com as cores da felicidade e anunciava uma noite cheia de promessas.

Os olhos dele brilhavam como olhos de um menino, e por fora o corpo ardia como o de um homem.
Ela, menina – mulher, cabelos ao vento, um sorriso de sol, daqueles que ilumina até mesmo os corações mais duros.
Olharam-se, amaram-se e fundiram-se num só corpo, numa só alma.
Havia tanto desejo naqueles dois, que as palavras eram desnecessárias e o silêncio preenchia de amor os últimos raios de sol. O tempo parou num abraço, um único instante que vale para a vida toda. 
E eles mergulharam inteiros naquele momento, naquela noite que surgia e trazia consigo estrelas para iluminarem aquele encontro. 
E iluminaram... E eles dançaram sob as estrelas.
Olharam – se uma vez mais... 
E por mais que doesse, era hora de partir... E despediram-se.
Mas ambos sabiam que a despedida não era para sempre, havia amor entre eles e esta era a certeza de que se encontrariam no próximo pôr do sol. 
Postar um comentário