Os que Sonham...

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Novas Flores




Hoje, num daqueles devaneios sem propósito, em que o sol ilumina e o vento arrepia a pele, posso ver nitidamente a relutância do Inverno ao dar lugar a Primavera.
Ele, (o Inverno) não quer ir, mesmo sabendo que é preciso seguir a ordem natural das coisas.

E assim  são todas as criaturas da terra.

Relutamos, mas sabemos que é preciso permitir as mudanças e dar lugar a outros sentimentos.

O medo nos faz parar e pensar no que virá depois, e então recuamos.
Mas só será possível conhecer as “novas flores” se “nosso inverno” der lugar a primavera.
Parece tão simples... Mas mesmo para as pequenas mudanças, é preciso ter aceitação, coração aberto e principalmente CORAGEM.

Inicialmente as mudanças podem nos causar dor, tristeza, angústia e medo. Mas é preciso acreditar que vai valer à pena.

E assim, começo a minha metamorfose.

Aceito a primavera e aperto – a contra o peito num abraço. E neste momento todos os meus medos de dissipam, todos os impossíveis, tornam - se possíveis e o calor do sol aquece a minha pele arrepiada pelo vento.



- 25º Edição Sentimento

Postar um comentário