Os que Sonham...

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Transe




O amor que sinto é capaz de transportar-me para perto de ti.
Exercito isso todos os dias. Então me deito e fecho os olhos.
Deixo minha mente vagar...
Aproximo-me de ti e o vejo dormindo.
Sei que sonhas, mas fico a imaginar se tua alma
ao menos pensa na minha.
E neste instante ouço a tua respiração e meu coração silencia para que eu possa aproveitar cada instante ao teu lado.
E então te toco. Suavemente passo a mão em teu rosto.
Uma lágrima escorre em meu rosto...
-Será que pertenço aos teus sonhos?
Queria poder entrar neles para sonharmos juntos. Sonhos azuis, talvez.
Mas o dia já vem...
Os primeiros raios de sol iluminam o quarto banhando suas feições em ouro, anunciando o dia, e que eu preciso voltar.
Abro os olhos de volta a minha realidade, rosto ainda molhado pelas lágrimas e o calor de tua pele na minha.
Mais um dia começa, e logo a noite vem para eu te visitar em sonho, velar o teu sono até ter a certeza de que um dia, você será só meu.

Nina Linhares
Postar um comentário